Notícias

22-03-2015
Conheça a raça Punganur, o zebuíno de pequeno porte



Por Nathã Carvalho

Entre os exemplares de zebuínos importados da Índia, a raça Punganur (Ou Puganôr) é uma das menos conhecidas no Brasil. No país desde 1962, o animal ainda não ganhou espaço na pecuária do país. Sua característica marcante, é que o gado adulto não passa de um metro de altura. Mesmo com a produção restrita, o Brasil tem o maior rebanho comercial do mundo da raça.

O Punganur tem a pelagem, formato da orelha, localização dos chifres e rusticidade muito parecidos com a raça Nelore, com a diferença do porte. A fazenda Haras Barreiro, em Ituiutaba, Minas Gerais, tem cerca de 100 cabeças destes animais, de todas as idades. Apesar de zebuínos, a Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) ainda não registra o Punganur.

Pelo porte diminuto, os animais adultos são muito procurados para hotéis fazenda e propriedades que praticam o turismo rural. No Rio Grande do Sul não se tem notícias de criatórios da raça.

Registro Genealógico no futuro
Na reunião do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) das raças zebuínas no dia 1º de agosto de 2012 na sede da ABCZ, em Uberaba (MG), foi discutido o assunto relacionado ao registro da raça. Uma proposta foi encaminhada e aprovada pelo MAPA. Aprovou-se a criação de uma comissão técnica, formada por colaboradores da ABCZ e outros componentes, conferindo a esta comissão poderes para estabelecer o padrão racial preliminar da raça Punganur, assim como condições para o início ao registro genealógico desta raça na categoria LA. A aprovação considerou os seguintes argumentos: que a ABCZ é detentora da autorização do MAPA para executar em todo o território nacional o registro genealógico, o melhoramento genético e a promoção de todas as raças zebuínas existentes no país e de quaisquer outras que vierem a ser importadas ou formadas; que exemplares da raça Punganur foram introduzidos no Brasil na década de 1960 em estado de pureza; que embora existam atualmente alguns núcleos de preservação da raça Punganur, eles não contam com o acompanhamento da entidade; que existe o interesse dos criadores de animais dessa raça em formalizar sua seleção, e, ainda, a conveniência de se manter sob controle todas as alternativas genéticas das raças zebuínas, tendo em vista suas possíveis demandas futuras.

Clique aqui e veja uma reportagem feita pelo Canal Rural sobre o Punganur. Abaixo, algumas fotos. 
Parque Estadual de Exposições Assis Brasil
Caixa Postal 91 - CEP: 93261-970 - Esteio (RS)
(51) 3473-7133 (durante a Expointer)
E-mail:
zebu@acgz.com.br

Associação dos Criadores Gaúchos de Zebu - Todos os Direitos Reservados - Copyright 2012