Notícias

08-04-2014
Venda de sêmen de zebuínos cresce 40% no Rio Grande do Sul em 2013



O relatório de comercialização de sêmen em 2013 divulgado em março pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA) mostra um crescimento expressivo no volume de doses vendidas de raças zebuínas no Rio Grande do Sul quando comparado com 2012. O crescimento de 40% é resultado do aumento nas vendas das raças Gir Leiteiro, Gir, Indubrasil, Guzerá, Nelore, Sindi e Tabapuã. Só a raça Gir Leiteiro teve incremento de 67,5% nas vendas. As raças Brahman e Guzerá Leiteiro também registraram boas comercializações. “Os cruzamentos com zebuínos impulsionam esta demanda, por resultar em animais mais eficientes nos sistemas de produção. Destacam-se por serem mais rústicos, longevos, precoces e de alta eficiência alimentar, vantagens estas já comprovadas por vários estudos publicados pelos órgãos de pesquisa do Rio Grande do Sul” explica o presidente da Associação dos Criadores Gaúchos de Zebu (ACGZ), José Amaral.

No Gir Leiteiro, RS é o 2º maior em comercialização
Após permanecer no posto como o segundo maior estado comprador de sêmen da raça no Brasil por pelo menos quatro anos consecutivos de 2009 a 2012, (que se tem conhecimento dos dados), O Rio Grande do Sul manteve sua posição batendo um recorde de comercialização em 2013. Mantendo a média superior a 50 mil doses, foram vendidas no ano passado o montante de 89.468 doses de sêmen da raça para os produtores gaúchos. Em primeiro lugar, permanece o berço genético do Gir Leiteiro e estado líder em produção de leite no Brasil, Minas Gerais, com uma comercialização superior a 260.400 doses. “A venda de sêmen nos mostra que o produtor de leite está aderindo a utilização do Gir Leiteiro na produção de mestiços com as raças taurinas visando obter animais mais rústicos, com boa produção a pasto e com baixo custo de mantença” analisa José Amaral , que além de presidir a ACGZ, também é coordenador do Núcleo Gaúcho de Criadores de Gir Leiteiro (NGCGL).

1º no Indubrasil
Na raça Indubrasil o estado se destaca como o maior comprador de sêmen do país. O zebuíno de longas orelhas, tem se difundido entre os gaúchos, atraindo os produtores devido a suas características, como rusticidade, docilidade e a dupla aptidão, favorecendo sua utilização em cruzamentos para a produção de carne ou leite. “A raça se destaca pela beleza racial, docilidade e rusticidade, sendo um animal muito resistente aos parasitas. O Indubrasil produz muita carne, desta forma sua potencialidade é muito explorada para atender a demanda que a cada dia cresce no mundo” comenta o selecionador de Indubrasil, Elair Bachi de Paim Filho/RS.
Parque Estadual de Exposições Assis Brasil
Caixa Postal 91 - CEP: 93261-970 - Esteio (RS)
(51) 3473-7133 (durante a Expointer)
(55) 3422 9646
zebu@acgz.com.br



Associação dos Criadores Gaúchos de Zebu - Todos os Direitos Reservados - Copyright 2012